Lojinha da ONV

Clown Mapa Mundi

Clown Mapa Mundi

A Operação Nariz Vermelho, em parceria com outras duas organizações de palhaços de hospital, Doutores da Alegria (Brasil) e CliniClowns (Holanda), e com o Centro de Investigação em Educação da Universidade do Minho desenvolveu um estudo intitulado “Mapeamento Mundial das Organizações de Palhaços de Hospital”.

 

São objetivos deste estudo: (i) recolher dados relativamente às diferentes organizações de palhaços de hospital que existem por todo o mundo; (ii) mapear as principais características e objetivos de cada uma delas, e, a médio prazo; (iii) criar uma base de dados internacional que possa ser partilhada por todos os participantes deste estudo.

 

Foi construído um questionário, em versão digital, que foi enviado para uma base de dados de mais de 1 000 organizações de cerca de 40 países e traduzido em 4 idiomas (português, inglês, castelhano e italiano).

ONV_NI_ClownMapaMundi

Vamos a Números

Contámos com a participação de 115 organizações de 26 países, distribuídos por 4 continentes: América do Norte (#2), América do Sul (#8), Europa (#14) e Ásia (#2).

 

Quando Tudo Começou ou O Princípio Do Princípio do Princípio

Este movimento começou nos anos 80 do séc. XX e foi durante esse século que surgem 18% das organizações de palhaços de hospital (OPH).
No séc. XXI este movimento começa a disseminar-se, surgindo desde então muitas organizações, mais concretamente 82%.
Os anos de maior crescimento situam-se entre 2005 e 2010, período em que surgem 48% das OPH.

Quais são os objetivos da intervenção do palhaço?

As respostas são…

ONV_NI_Mapeamento

Para quem trabalhamos?

Este movimento, que começou em serviços de pediatria dos hospitais, tem vindo a alargar-se a diferentes contextos: 67,8% das organizações intervém em instituições fora do hospital, como Lares, Escolas, Instituições de Saúde Mental e inclusive a patologias específicas, traduzindo o potencial da intervenção do palhaço.

 

Principais públicos no hospital


A quase totalidade das organizações refere as crianças como sendo o principal público da sua intervenção. O grupo dos adolescentes, pais/acompanhantes e dos profissionais de saúde, também consta na intervenção da grande maioria.

 

As informações disponíveis deste Mapeamento constam no motor de pesquisa criado pela European Federation of Hospital Clown Organizations (EFHCO) que pode ser consultado aqui